Blog posts

Você sabe o que é melasma?

Você sabe o que é melasma?

Dicas da Mama, Saúde

Eu pedi para a dermatologista Dra. Daniela Petri falar sobre o melasma: manchas escuras, acastanhadas que normalmente acometem a testa, a região malar (bochechas), o buço ou mesmo várias regiões da face. Quando engravidei da Vicky quase enlouqueci, pois eu nunca tive nenhum problema de pele, nada! De repente, o meu rosto ficou inteiro manchado! Só consegui sair de casa com muita maquiagem para disfarçar… Tive que fazer sessões de peelings que melhoraram muito o aspecto do melasma, mas não tem jeito! Tem que proteger muito a pele para que as manchas não voltem a aparecer.

Melasma

Melasma1Para quem está com o problema que eu tive, veja o que ela falou:

O melasma é causado basicamente por 3 fatores: hereditário, hormonal e/ou pelo sol.

Quando falamos da causa hormonal  pode ser tanto quando engravidamos, pois temos mudanças hormonais nessa fase da vida quanto por hormônios artificiais, como os anticoncepcionais, por exemplo.

Com relação ao sol, os pacientes chegam no consultório  pensando que foi o “último ” sol forte que causou o melasma e isso está errado!! O efeito do sol para o desenvolvimento do melasma é o efeito cumulativo, ou seja, aquele sol que você tomou desde a infância, adolescência e então o melasma foi, aos poucos aparecendo, até que na idade adulta, por volta dos 20, 30 anos, ele se estabelece.

O principal tratamento e prevenção do melasma é o uso correto do protetor solar.

Além dele, lançamos mão de cremes clareadores que podem ser usados em casa (junto podemos associar ácidos), e/ou peelings e lasers, que são procedimentos realizados por médicos nos consultórios.

Todos os tratamentos para o melasma devem ser monitorados rigorosamente pelo dermatologista e o paciente deve estar ciente sobre o uso do protetor solar!

Nunca utilizar cremes, principalmente os que contém ácidos e clareadores sem a prescrição médica, pois o melasma pode piorar e pode ocorrer queimadura irreversível na pele!

Dra Daniela Petri
Dra Daniela Petri
  • Filiada à Associação Paulista de Medicina
  • Especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia
  • Especializada em Cosmiatria e Cirurgia Dermatológica pela UNISA
  • Especializada em Dermatologia pelo Complexo Hospitalar Heliópolis
  • Graduada em Medicina pela Universidade de Taubaté (UNITAU)
  • Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica
  • Filiada ao Conselho Regional de Medicina (CREMESP)
  • Médica Dermatologista do Hospital Sírio Libanês
  • Participação em congressos de Dermatologia no Brasil e exterior
  • Fonte de informação para jornais, revistas e programas de rádio e TV.

About the author

Giuliana Pierri, psicóloga clínica e mãe da Victoria. É extrovertida e fala até com as paredes. Sempre gostou de moda e, como mãe de menina, expandiu o seu interesse também por moda infantil. A maternidade me desacelerou um pouquinho (só um pouquinho!) e me proporcionou um pouco mais de paciência para aproveitar a vida ao lado da minha família.

2 Comentários

  1. marcela
    30/07/2016 at 16:36
    Reply

    Aconteceu a mesma coisa comigo, apareceram algumas manchas e agora só no protetor e base para disfarçar. É tão ruim né? Fora o susto quando a gente descobre a mancha!
    Muito legal o post para alertar principalmente sobre o uso de protetor solar. Parabéns!
    Bjs.

    • Giuliana Pierri
      02/08/2016 at 00:19

      Muito obrigada Marcela! É um susto mesmo e depois que aparece tem que cuidar mesmo…
      Bjs,
      Giu

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *