Blog posts

Viajar sem filhos?

Viajar sem filhos?

Comportamento, Dicas da Mama, Viagem

Fiquei casada por quase 10 anos antes de ter a Vicky e, claro, apesar de na época trabalhar (e muito!) eu sempre viajei bastante com meu marido.

Depois que você tem filho, a rotina muda bastante. Com isso, chegamos à conclusão de que seria importante para o nosso casamento a possibilidade de viajarmos só nós dois.
Nosso combinado é o seguinte: por ano fazemos uma viagem com a Vicky e uma viagem só nós dois. É claro que como mãe morro de saudades, muitas vezes vou para o aeroporto chorando, mas depois percebo que é algo que realmente faz bem pra gente.

A primeira vez que viajamos apenas nós dois a Vicky tinha apenas 11 meses e nós estávamos justamente comemorando 10 anos de casamento.

 

Alguém achou a maturidade da pessoa?

Vou deixar algumas dicas práticas para quem está pensando em fazer uma viagem assim:

  1. Planeje a viagem com antecedência para poder deixar uma estrutura de apoio montada. Quem ficará com a criança? Aonde ela ficará? Hoje em dia eu tento tirar o menos possível a Vicky de sua rotina enquanto viajo. Isso significa que sempre alguém fica em casa com ela, para que ela possa ir à escola, natação e suas atividades.
  2. Deixe para falar sobre a viagem com a criança bem próximo à data do embarque: isso evita que a criança fique ansiosa.
  3. Tenha sempre um “plano B”: sempre pense na possibilidade de surgir um imprevisto. A vovó vai ficar? Deixe mais algum familiar de sobreaviso.
  4. Eu sempre marco uma consulta com o pediatra da Vicky antes da minha viagem. Vou mais tranquila em saber que está tudo em ordem com a saúde dela.
  5. Sempre deixo uma lista com todos os telefones úteis para quem for ficar com a minha pequena: pediatra, escola, escola de natação e por aí vai.
  6. Compre o necessário para ter em casa antes de viajar: medicação, leite, fraldas e tudo que faça parte da rotina da criança. Assim você reduz o trabalho de quem for ficar em sua casa.
  7. Durante a viagem, evite ligar muitas vezes por dia para falar com a criança. Eu percebi que no caso da Vicky, o melhor horário para falar com ela é até o meio da tarde. Como ela está envolvida com suas atividades ela se sente melhor do que eu ligar à noite.
  8. Respeite o desejo da criança, se você ligar e ela não quiser falar, tudo bem!
  9. Durante a sua viagem a criança passará alguns dias na casa da avó ou de outro familiar? Já deixe a malinha montada, mais uma vez: reduza o trabalho de quem estiver cuidando.
  10. Tenha em mente que alguns aspectos da rotina de sua criança sofrerão sim alterações. A avó deu doce durante a semana ou deixou dormir mais tarde, por exemplo? Releve, pois você só está aproveitando a viagem em decorrência da disponibilidade dela!

Eu sei que é muito difícil ficar longe da cria, mas os benefícios são muito grandes para o casal. Temos que aprender a exercitar outros aspectos da vida além da maternidade e paternidade, afinal de contas não somos apenas mães, certo?!

giuesandro

About the author

Giuliana Pierri, psicóloga clínica e mãe da Victoria. É extrovertida e fala até com as paredes. Sempre gostou de moda e, como mãe de menina, expandiu o seu interesse também por moda infantil. A maternidade me desacelerou um pouquinho (só um pouquinho!) e me proporcionou um pouco mais de paciência para aproveitar a vida ao lado da minha família.

12 Comentários

  1. Fernanda
    11/04/2016 at 13:05
    Reply

    É muito importante para o casal ter um tempo só para ele. As crianças também têm o tempo delas, mas, se o casal não estiver unido, não conseguirá manter a chama do relacionamento sempre acesa.

    Beijinhos

    • Giuliana Pierri
      11/04/2016 at 22:52

      Fernanda, vc tem razão! O casal tem que estar em sintonia né?! Bjs e obrigada pelo comentário!

  2. Fernanda
    11/04/2016 at 13:05
    Reply

    É muito importante para o casal ter um tempo só para ele. As crianças também têm o tempo delas, mas, se o casal não estiver unido, não conseguirá manter a chama do relacionamento sempre acesa.

    Beijinhos

  3. Genis
    10/04/2016 at 10:00
    Reply

    Oi Giu, eu também esperei bastante pra ter JM, assim como vc. Passeamos o quanto podemos juntos e nunca viajamos sem ele, diferente de vc, não temos com quem deixá-lo. Adorei o post, lindas fotos. Bjus.

    • Giuliana Pierri
      10/04/2016 at 12:25

      Oi Ge! Realmente, para viajar assim tem que ter um esquema muito bem montado… Graças a Deus tenho minha sogra e uma tia que estão sempre com a minha pirulita! Viajar é bom sempre né? Muito obrigada lindona! Bjs

  4. Gleysa
    07/04/2016 at 23:05
    Reply

    Nossa que maravilhoso, tb acho importante pro casal essas viagens ou momentos a dois, mas aqui ainda não tivemos viages sozinhos, nos dois somos muito apegado com o pequeno!
    Beijos
    Gleysa
    demamaeursa.blogspot.com.br

    • Giuliana Pierri
      08/04/2016 at 14:51

      Ah tudo tem seu tempo certo né?! Bjs

  5. Michele Gobbato
    07/04/2016 at 18:16
    Reply

    Adorei o post, aqui engravidei com 1 mês de casado, vamos esse ano completar 8 anos, e desde então nunca fizemos uma viagem só nós dois, ainda não tivemos essa coragem …

    Bjs Mi Gobbato
    http://espacodasmamaes.blogspot.com.br/

    • Giuliana Pierri
      08/04/2016 at 14:50

      Mi, tem que se sentir bem mesmo pra poder aproveitar… Do contrário não vale a pena! Bjs

  6. Bárbara
    07/04/2016 at 18:04
    Reply

    Ainda não fiz nenhuma viagem sem a Beatriz e confesso, não me vejo fazendo ainda. Pode ser que quando ela (e daqui a pouco o Lucas) crescerem eu tenha coragem. Muito bom seu post. bjs

  7. melissa
    07/04/2016 at 00:05
    Reply

    Ai Giu, eu ainda não fiz nenhuma viagem sem a Bia, acabo sempre querendo que ela vá junto com a gente pois fico pensando que daqui a alguns anos ela não vai mais querer viajar junto, vai ter as viagens dela!!!
    Mas é muito bom viajar!!

    • Giuliana Pierri
      08/04/2016 at 14:49

      Melissa é assim mesmo! Acho que cada família funciona de um jeito né? Bjs

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *