Blog posts

Um novo travesseiro de amamentação é lançado no Brasil

Um novo travesseiro de amamentação é lançado no Brasil

Dicas da Mama

Ultimamente tenho procurado várias coisas diferentes para gestantes. Minha cunhada está grávida e em breve teremos mais um baby na família. Estou sempre de olho em lançamentos de produtos, serviços e outras coisinhas interessantes. Numa dessas pesquisas encontrei essa novidade: o travesseiro My Best Friend (meu amigo do peito).

Projetado para posicionar o bebê de maneira que permita a pega perfeita, ao mesmo tempo em que oferece suporte à postura da mãe, o design do travesseio possibilita que ele fique bem rente ao corpo. Preso por tiras ajustáveis e com velcro, proporciona descanso para os braços e cotovelos das mães, eliminando a tensão nos ombros e pescoço. Com encosto para as costas, facilita a boa postura e conforto durante a amamentação. Tudo isso diminui as chances de dores nas costas e na lombar, além de desconfortos nas mamas que podem dificultar ou impedir a amamentação. Com bolso lateral, ainda permite armazenar acessórios úteis como babador.

travesseirosupermamyblue_deluxe_01_web_
Com bolso lateral, ainda permite armazenar acessórios úteis como babador Foto: divulgação

Antes de iniciar as vendas, a empresa Supermamy também se preocupou em buscar recomendações locais, fazendo pesquisas junto a maternidades e médicos. Atualmente, o Meu Amigo do Peito é recomendado e usado pelas maternidades Pro Matre Paulista e Santa Joana, duas das principais maternidades brasileiras. Com esse mesmo cuidado, a empresa planeja trazer outros produtos para maternidade inéditos no Brasil.

O produto está disponível em 3 versões, inclusive para gêmeos, o travesseiro de amamentação My Brest Friend (Meu Amigo do Peito) pode ser encontrado no site oficial da Supermamy, www.supermamy.com.br , a partir de R$ 299,00.

About the author

Ana Claudia Cukier, jornalista, tímida, madrinha de duas meninas lindas e doces e mãe do Guilherme. Hoje me realizo nas funções de mãe e blogueira e tenho certeza que a maternidade me deu paciência, uma virtude que eu não tinha e que hoje não consigo me imaginar sem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *