Blog posts

Salinas de Maragogi All Inclusive: nós fomos!

Salinas de Maragogi All Inclusive: nós fomos!

Diversão, Passeio, Viagem

Em novembro passado tiramos alguns dias de férias e fomos conhecer o Salinas de Maragogi All Inclusive. Ficamos ao todo 9 dias e como entramos na blogagem do Materinsta (o tema do mês é férias) resolvi contar a experiência para vocês.

Desde 2015 nós queríamos conhecer o hotel, mas lá é super disputado, então aqui vai a primeira dica: se você quer ficar mais do 3 ou 4 dias programe-se com muita antecedência. Para a quantidade de dias que desejávamos fechamos 9 meses antes.

Pegamos um vôo de São Paulo para Recife e contratamos um transfer até o hotel. Mais uma dica: se for com criança pequena certifique-se que o carro tenha cadeirinha, pois até o hotel são mais ou menos 2 horas de viagem.

O hotel é all inclusive, o que ao meu ver facilita muito a nossa vida ao viajar com criança (apenas bebidas alcoólicas importadas não estavam no pacote). Você pode aproveitar a grande variedade das 3 refeições completas, além de lanches e petiscos oferecidos durante todo o dia nos diferentes bares e restaurantes do resort, inclusive no conforto da beira-mar. Você tem direito a marcar jantar em dois restaurantes a la carte (um nordestino e um italiano). Apenas um ponto me incomodou: não era permitido o consumo de bebidas próximo a borda das piscinas. Num resort com piscinas com áreas perfeitas para as crianças brincarem (ou para os adultos tomarem sol) achei a regra fora de propósito, pois os copos não eram de vidro, ou seja, não havia perigo de acidentes.

No lugar predileto
Para as mães de bebês existe uma copinha com frutas e leite em pó. Os restaurantes preparam papinhas para as refeições.

Nós ficamos num apartamento standard, com 29 metros quadrados (mais do que suficientes para 3 pessoas), mas existem opções para famílias maiores. Todos os dias a Vicky voltava super empolgada para o quarto, pois as camareiras faziam diversos bichos com as toalhas (aliás, o serviço é muito bom). Como o hotel fica numa área com rio próximo existem muitos insetos, então mais uma dica: leve uma boa quantidade de repelente para não ter problemas. O hotel disponibiliza repelentes de tomada (e eu também sempre levo de casa), mas no final da tarde começa o ataque, então tem que passar na pele mesmo.

Para quem não aguenta apenas relaxar e ficar na piscina tem muitas opções de esportes: academia (nem cheguei perto), caiaque (fomos um dia e é uma delícia), slackline, arco e tiro (marido adorou!), tênis, vôlei, futebol e aluguel de bikes. Tem também um spa delicioso (um dia fiz uma massagem de 1 hora e saí nas nuvens).

Eu sempre levo o carrinho da Vicky, mas dessa vez esqueci completamente. Só fui lembrar quando já estávamos dentro do avião, mas não foi problema. O hotel disponibiliza carrinhos de bebê, ou seja, fomos salvos! Isso porque apesar das inúmeras atividades, o que ela mais gosta é de ficar o dia todo na piscina e quando anoitece… Ela apaga! Mesmo na hora do almoço não saíamos da área das piscinas. Eu fazia o prato dela no restaurante mais próximo e era o tempo de comer, dar uns 20 minutos e entrar na piscina de novo. Uma delícia!

A monitoria do hotel é um show à parte! O Clube do Siri tem atividades o dia todo. Crianças com 4 anos de idade podem participar sozinhas, mas crianças menores também se divertem com a presença de um responsável… Eles tem atividades na praia e piscina, mas também fazem artesanato, por exemplo. Quando chega a noite sempre tem um show ou peça de teatro para eles. Nos primeiros dias a Vicky não conseguia assistir, pois acabava dormindo antes, mas quando se acostumou ao ritmo não perdeu um! Além diss, o hotel conta com um playground que faz muito sucesso entre as crianças…

 

O hotel oferece vários passeios, mas fizemos apenas um: visitamos as piscinas naturais. É paradisíaco, mas fomos numa época que a maré subia muito rapidamente, então tivemos que acordar às 5 da manhã para pegar o barco.

Eu já tinha dado a dica lá no Instagram, mas repetirei aqui: vale muito a pena usar o serviço de fotógrafos do hotel. No final você pode comprar pacotes com as fotos e não precisa ficar se preocupando com isso durante a viagens. Sempre tem um por perto. Acabei comprando 50 fotos por R$130…

Quer conhecer as outras participantes da blogagem coletiva?

Meu menino minha vida
Tripbaby
Recém Mãe
Nossa! São gêmeos!
Agora somos pais
Mãe Literatura

Mãe do Ano
 

 

 

About the author

Giuliana Pierri, psicóloga clínica e mãe da Victoria. É extrovertida e fala até com as paredes. Sempre gostou de moda e, como mãe de menina, expandiu o seu interesse também por moda infantil. A maternidade me desacelerou um pouquinho (só um pouquinho!) e me proporcionou um pouco mais de paciência para aproveitar a vida ao lado da minha família.

4 Comentários

  1. Pauleni Gomes
    29/01/2017 at 16:11
    Reply

    Que paraíso é esse !?

    Lugar incrível e apropriado para todas as idades. Quero ir, fiquei com vontade.

    nossasaogemeos.blogspot.com.br

  2. Claudia
    28/01/2017 at 15:16
    Reply

    Giu querida,
    Que sonho de viagem!! AMEI!!
    Adorei as fotos e as dicas
    Quero ir um dia também!
    Estou adorando participar desta blogagem coletiva com vocês!
    Bjks mil

  3. tatiana
    27/01/2017 at 21:14
    Reply

    Adorei as dicas, e conhecer um pouco mais do Salinas! Que lugar lindo!!! Bora colocar na wish list.

  4. Jaqueline Bernardo
    27/01/2017 at 20:37
    Reply

    Nossa Giu foi um passeio pro paraíso né? Nossa fiquei com inveja!!! Que lugar lindo e maravilhoso! Amei conhecer esse lugar tão incrível!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *