Blog posts

Saiba como lavar as mãos de maneira correta

Saiba como lavar as mãos de maneira correta

Comportamento, Saúde

Alguns podem não se dar conta, mas uma das maneiras mais simples, eficientes e baratas para evitar diversas infecções no organismo é a lavagem das mãos. A correta higienização pode evitar a contaminação por bactérias, vírus e protozoários que causam sérios danos ao corpo. A clínica-geral do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos, Ligia Brito, ensina como o procedimento deve ser feito.

“É importante esfregar a palma da mão, dorso, entre os dedos – incluindo o polegar -, as unhas e, por último, os punhos, sempre que houver sujeira. Não se esquecendo também de lavá-las antes e após as refeições, uso de banheiro, ao espirrar e tossir”, revela.

Caso não tenha água e sabão à disposição, os indivíduos podem fazer uso de álcool gel para limpeza. “Por dia, é aconselhável lavar as mãos dessa forma, no máximo, duas vezes. O ideal é intercalar o uso do produto com a lavagem tradicional. Com ele, conseguimos eliminar diversos organismos.” Caso nenhuma das duas formas seja adotada, Ligia Brito aponta os possíveis problemas.

“Entre os principais incômodos estão diarreias, gripes e resfriados. Além disso, é importante ressaltar de que, caso a pessoa leve as mãos sujas até os olhos, ela corre o risco de contrair conjuntivite.”

No caso das crianças, as principais contaminações podem ser por protozoários, como o toxoplasma, que causa a toxoplasmose, e a ameba, responsável pela amebíase. Segundo a UNICEF, a diarreia continua sendo a segunda maior causa de mortalidade de menores de cinco anos, em todo o mundo, com cerca de 1,5 milhão de vítimas por ano.

Esse post teve a colaboração da  clínica-geral do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos, Ligia Brito.

Obrigada!

About the author

Ana Claudia Cukier, jornalista, tímida, madrinha de duas meninas lindas e doces e mãe do Guilherme. Hoje me realizo nas funções de mãe e blogueira e tenho certeza que a maternidade me deu paciência, uma virtude que eu não tinha e que hoje não consigo me imaginar sem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *