Blog posts

Padaria em SP faz pães e doces sem glúten e sem lácteos

Padaria em SP faz pães e doces sem glúten e sem lácteos

Comportamento, Dicas da Mama, Restaurante, Saúde

Esse é um post  diferente de todos os outros, pois carrega um sentimento de admiração enorme. A minha admiração por uma mãe, uma mulher que sempre acreditou e acredita que o copo está sempre meio cheio, ao invés de meio vazio.

Fiquei pensando muito em como iria começar a escrever isso sem ficar repetitivo e chato e vou iniciar falando o que todo mundo já sabe. O significado de ser mãe. Hoje, depois de conhecer a história de Mariana Pierre, faz todo sentido dizer que mãe significa doação. De tempo e de amor.

Após descobrir que o filho era intolerante ao glúten e alérgico à proteína do leite e à da soja, a advogada Mariana Pierre fez de um limão um limonada. Deixou de lado a carreira bem sucedida de advogada tributária e passou a cuidar do filho. “Como ele é alérgico a várias coisas eu comecei a pesquisar alimentos que pudessem suprir as necessidades de nutrientes que ele precisava sem ter que recorrer aos alimentos prontos, os quais ele não podia comer. Foi aí que descobri vários alimentos funcionais os quais eu nunca tinha ouvido falar. Tudo para que meu filho pudesse comer bem e de forma saudável. A máxima você é o que você come hoje faz todo o sentido para mim”.

lilorimaeefilho
Muito amor em uma foto. Foto: divulgação Lilóri

 

Mariana conta que antes de ter filho ela não tinha habilidade alguma na cozinha. “Eu sempre comia fora ou pedia comida. Só comecei a cozinhar por necessidade e hoje me sinto muito bem cozinhando. Testo receitas e sempre estou em busca de novas opções. Eu e meu marido também mudamos nossos hábitos alimentares e posso dizer que ganhamos muito em conhecer novo sabores.”

E foi pesquisando esse tipo de alimentação que ela percebeu que havia um nicho de mercado que não existia e que podia ser explorado. “Era muito difícil sair com meu filho para um restaurante porque nenhum estava preparado para receber pessoas com alergia alimentar”.  Foi aí que ela resolveu empreender e encontrou na culinária um novo sentido para a sua vida. Tudo pensando na alegria do seu filho.

liloribaloes
A Lilóri

 

Assim nasceu a Lilóri, que abriu ao público em agosto de 2014, no bairro dos Jardins, em São Paulo. O local traz a proposta de ser a primeira e mais completa padaria a oferecer pães e doces sem glúten, lácteos, proteína de soja e conservantes, além de um empório com diversos produtos.

Para escrever este post eu fui conversar com a Mariana lá na Lilóri e durante o bate papo provei um brigadeiro feito com leite condensado de amêndoas que estava delicioso. Confesso que pedi o brigadeiro para ser educada e também para matar minha curiosidade, mas estava certa de que não seria gostoso. Mas eu me surpreendi. Eu amei o doce. Super saboroso e com uma textura muito boa. Quem me conhece sabe que eu sou muito enjoada para comer e, se eu gostei, certamente muita gente vai adorar.

lilorimariana
Mariana Pierre, proprietária da Lilóri Foto: divulgação Lilóri

A Lilóri é um lugar descontraído e cheio de gente bonita. Um ambiente adorável para fazer as refeições ou simplesmente para tomar café ou fazer um lanche. Vale a visita. O propósito da casa é produzir alimentos sem glúten e sem lácteos, com excelência de sabor e saúde para os consumidores com e sem restrição alimentar promovendo o bem-estar, acessibilidade e inclusão. E posso falar?

É exatamente isso que eles fazem. Um lugar que agrada quem procura comida boa e saudável. Vou voltar lá muitas vezes. Obrigada Mariana e Lilóri por esse agradável bate papo.

liloridentro
A Lilóri tem um ambiente aconhegante e descontraído Foto: divulgação Lilóri

 

liloridoce
Os doces da Lilóri são deliciosos. Foto: divulgação Lilóri

 

Lilóri

Rua Peixoto Gomide, 1.486.

www.lilori.com.br

 

 

 

 

 

About the author

Ana Claudia Cukier, jornalista, tímida, madrinha de duas meninas lindas e doces e mãe do Guilherme. Hoje me realizo nas funções de mãe e blogueira e tenho certeza que a maternidade me deu paciência, uma virtude que eu não tinha e que hoje não consigo me imaginar sem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *