Blog posts

Lua de Chocolate: peça infantil no Teatro Alfa

Lua de Chocolate: peça infantil no Teatro Alfa

Diversão, Final de Semana, Passeio

Querem uma sugestão bacana de peça infantil para o final de semana? Amanhã (08/10) estréia às 16hr “Lua de Chocolate” no Teatro Alfa. Teatro, chocolate e passeio com as crianças… O que mais pode se pedir para o final de semana? Muito legal ter a oportunidade de aprendermos sobre a história de uma guloseima que todo mundo adora…

Lua de Chocolate

No quarto de duas meninas, Thabata e Mila, um lustre se transforma na saia da rainha; a cama vira um barco espanhol e qualquer adereço pode virar parte da brincadeira. Tudo isso para que elas naveguem com o Vovô na doce história do chocolate, iguaria trazida da América Central para a Europa Antiga e depois difundida por todo o mundo.

lua-de-chocolate-foto-divulgacao-4

No século XVI, região da civilização Asteca, época em que a lua era reverenciada como um deus e o cacau era matéria-prima do xocoátl – uma bebida voltada para as elites e consumida com pimenta e água -, os espanhóis invadiram a região a fim de colonizar seus povos e ampliar as terras.

Numa dessas incursões, o cacau e a receita do xocoátl foram levados para a Espanha. O cacau não foi bem aceito a princípio e passou anos tendo o acesso restrito ao uso dos monges, sendo terminantemente proibido para o restante da população. Anos depois, o fruto se popularizou e foi utilizado como moeda de troca até cair no gosto da realeza com uma adaptação no sabor que tornou a receita mais próxima do que a que conhecemos hoje: com leite e açúcar em vez de pimenta e água.

Da Espanha para o resto da Europa foi um pulo! Um dos motivos para isso acontecer é que a aristocrata Ana de Áustria, que foi, ao mesmo tempo, infanta da Espanha e Portugal, arquiduquesa da Áustria e mais tarde rainha da França, fez com que a bebida se popularizasse nesses países e em outros em que exercia influência.

Na peça, toda essa história é contada a partir dos objetos do quarto das meninas e com adaptações de nomes e lugares que tornam a narrativa lúdica e compreensível para os pequenos.

Elementos do teatro negro, que fazem aparecer e sumir seres marinhos e pássaros lendários, dividem a cena com bonecos espanhóis e até com o próprio público, que sobe ao palco para brincar de vivo ou morto em referência à guerra que dizimou parte da civilização asteca, na tentativa da Espanha de conquistar seu território.

lua-de-chocolate-foto-divulgacao-1

Além do espetáculo, o teatro receberá também um estande com exemplares à venda do livro em versão literária. Escrito por Patrícia Franco e Adriana Gattermayr, o livro está sendo lançado agora, simultaneamente à estreia do espetáculo.

Em breve assistiremos a peça e contaremos tudo para vocês!

Serviço: Estreia dia 8 de outubro, sábado, às 16h, na Sala B do Teatro Alfa: Rua Bento Branco de Andrade Filho, 722 – Santo Amaro, São Paulo-SP. Telefone: (11) 5693-4000. Capacidade: 204 lugares. Temporada: Sábados e domingos, às 16h. Até 27 de novembro. Duração: 55 minutos. Classificação: Livre. Ingressos: R$ 30,00 (inteira para adultos) e R$15,00 (meia para crianças, estudantes e maiores de 60 anos). Grupo Alfa: 50% de desconto funcionários devidamente identificados. Banco Alfa: 20% de desconto para clientes devidamente identificados. Assinantes do teatro Alfa: 10% de desconto. Venda efetuada com cartões de crédito (Amex, Visa, Credicard e MasterCard), de segunda a sábado das 11h às 19h; e domingos das 11h às 17h. Os ingressos poderão ser retirados no próprio teatro no dia do espetáculo. Taxa de serviço de R$ 5,00 por ingresso adquirido para Sala A e R$ 2,00 para Sala B. Call Center Ingresso Rápido: (11) 4003-1212.

About the author

Giuliana Pierri, psicóloga clínica e mãe da Victoria. É extrovertida e fala até com as paredes. Sempre gostou de moda e, como mãe de menina, expandiu o seu interesse também por moda infantil. A maternidade me desacelerou um pouquinho (só um pouquinho!) e me proporcionou um pouco mais de paciência para aproveitar a vida ao lado da minha família.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *