Blog posts

A influência das cores no quarto das crianças

A influência das cores no quarto das crianças

Compras, Dicas da Mama

Você sabia que o uso das cores tem uma ligação direta no desenvolvimento das crianças? Eu tenho pensado bastante nesse tema, pois acho que o quarto do Gui está precisando de mais alguns móveis coloridos. E como ele está crescendo, acho que é a hora de pensar nisso.

Pesquisando sobre esse tema descobri que alguns estímulos decorrentes da presença e uso de objetos e figuras coloridas contribuem para o aumento da capacidade motora e cognitiva, raciocínio, fala, audição, entre outras funções.

Isso acontece porque as cores chamam muito a atenção dos pequenos e por esse motivo, investir em objetos, brinquedos, mobiliários e acabamentos coloridos, além de deixar a casa mais alegre e divertida, estimula e provoca a criatividade e aprendizado das crianças.

Tem uma linha de móveis que eu já conhecia, a linha Bloom que tem várias peças lindas e coloridas. A marca possui diversas opções de mobiliário e cores para compor a decoração do quarto dos pequenos! A cadeira cubo,( a minha preferida), por exemplo, pode ser usada como assento infantil, em duas opções de altura para crianças de diversas idades, como mesinha ou criado mudo. Ainda pode ser empilhada e utilizada como estante.

Gosto muito de amarelo na decoração e descobri que amarelo é a cor da atenção. Além de ser dotada de alegria, enche o ambiente de vida e energia!

Um tom mais escuro, pode deixar a criança um pouco mais agitada, enquanto o tom mais pastel desta mesma cor, ajuda na concentração. Por isso um quarto com paredes em um amarelo claro e detalhes em amarelo vibrante, pode ser uma boa opção. Investir em detalhes (mobiliário, brinquedo, livros) coloridos, também é importante!

Bom, enquanto vou pensando por aqui, fica a dica para quem está pensando em renovar o quarto, a brinquedoteca e outros ambientes.

 

About the author

Ana Claudia Cukier, jornalista, tímida, madrinha de duas meninas lindas e doces e mãe do Guilherme. Hoje me realizo nas funções de mãe e blogueira e tenho certeza que a maternidade me deu paciência, uma virtude que eu não tinha e que hoje não consigo me imaginar sem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *