Blog posts

Empatia: seu filho sabe o que é isso?

Empatia: seu filho sabe o que é isso?

Comportamento

Em um mundo repleto de intolerância e preconceito é de extrema importância que ensinemos para as crianças respeitarem tudo que lhes parece diferente delas mesmas. Mas como falar sobre empatia com elas?

Assim que recebemos o convite para o lançamento do livro “Clara Cabelo Laranja” da autora Fabiana Gutierrez eu me encantei pelo projeto. A Fabiana atua na Carlotas, uma empresa com propósito social e que utiliza arte para proporcionar o diálogo sobre empatia, respeito e um novo olhar sobre a diversidade, transformando as relações interpessoais em crianças, jovens e adultos.

A autora Fabiana Gutierrez

Recebemos também o livro em PDF e, de uns dias para cá, a Clara tem sido solicitada quase que sempre em nossas leituras antes de dormir pela Vicky. O questionamento é sempre o mesmo: porque a Clara quer esconder os seus cabelos diferentes? Através da curiosidade dela pude começar a falar sobre as dificuldades que as pessoas tem em aceitar tudo que parece diferente.

Vejam a sinopse:

Trabalhando a empatia, o respeito e a desconstrução do perfeito de forma natural, o livro conta a história de Clara, uma menina que vive tentando esconder seu cabelo laranja em um mundo preto e branco, até que um dia ela chegou em um mundo colorido. Guiada pelo Seu Cartola, ela viaja por esse lugar mágico, onde todas as pessoas convivem bem com suas imperfeições, se respeitam e praticam a empatia no seu dia a dia.

As pinturas de Carla Douglass convidam o leitor a girar o livro para que diversas imagens apareçam como em um passe de mágica. O texto leve de Fabiana Gutierrez traz pontos de vista que são conhecidos a cada página.

O livro também será traduzido para o inglês e alemão e lançado, em breve, nos Estados Unidos e Alemanha, onde Carlotas também está presente.

O livro “Clara Cabelo Laranja” será lançado dia 16/12, às 15hr, na Livraria da Vila do Shopping Pátio Higienópolis.

 

About the author

Giuliana Pierri, psicóloga clínica e mãe da Victoria. É extrovertida e fala até com as paredes. Sempre gostou de moda e, como mãe de menina, expandiu o seu interesse também por moda infantil. A maternidade me desacelerou um pouquinho (só um pouquinho!) e me proporcionou um pouco mais de paciência para aproveitar a vida ao lado da minha família.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *