Blog posts

Dica de Passeio: Cidade da Criança

Dica de Passeio: Cidade da Criança

Dicas da Mama, Diversão, Passeio

Semana passada fomos fazer um passeio em turma (com os amigos da escola) que me fez lembrar os meus tempos de infância: visitamos o parque Cidade da Criança, localizado em São Bernardo do Campo (município muito próximo de São Paulo). Quem foi criança na década de 80 (abafa!) deve ter visitado pelo menos uma vez o parque.

Elefantinho voador

A Victoria já tinha ido algumas vezes lá (o avô paterno adora levá-la para brincar lá), mas confesso que nunca tinha dado muita atenção… O parque passou por uma reforma há algum tempo atrás e, com as férias resolvemos levar a turminha para lá e me surpreendeu positivamente! É bem pra criançada mesmo, com vários daqueles brinquedos que elas amam (aviões, xícara maluca, roda gigante, motos, carrinhos, teleférico, pula pula etc).

Fomos durante a semana (claro, os finais de semana devem ser bem mais cheios), mas para um dia de férias achei que foi muito mais tranquilo do que imaginava! O lugar é amplo, arborizado e com muitas opções para as crianças pequenas. A maioria dos brinquedos exige altura mínima de 80 ou 90cm, ou seja, os pequenos aproveitam mesmo.

Sorrisos de orelha a orelha

Você pode comprar o passaporte (que dá direito a quase todos os brinquedos, ou comprar as atrações individualmente). Todo mundo comprou os passaportes e valeu muito mais a pena (custou R$50, mas acabei de entrar no site deles e vi que em janeiro estão com uma promoção: R$40).

Carimbo do passaporte

Como em qualquer parque de diversões as dicas são: chegue cedo para aproveitar o dia, vá com roupas e calçados confortáveis e, para os pequenos leve o carrinho… muito mais fácil do que carregar no colo pra cima e pra baixo. Também é bom deixar a mochila dos lanchinhos preparada (no nosso caso levamos polvilho, maçãs e água). Não se esqueça do protetor solar e bonés!

Parada para um lanchinho

As crianças (e as mães) se divertiram muito! Os brinquedos fizeram muito sucesso e ninguém queria vir embora… Achei que valeu muito a pena, pois vocês sabem que hoje em dia qualquer passeio acaba custando caro. Passamos o dia todo e as únicas despesas além do passaporte foram o almoço: lá tem restaurante por quilo (mas optamos por sanduíches da lanchonete), sorvetes e o estacionamento. Super recomendo!

Crianças dirigindo caminhões
Meninas e suas motocas

 

About the author

Giuliana Pierri, psicóloga clínica e mãe da Victoria. É extrovertida e fala até com as paredes. Sempre gostou de moda e, como mãe de menina, expandiu o seu interesse também por moda infantil. A maternidade me desacelerou um pouquinho (só um pouquinho!) e me proporcionou um pouco mais de paciência para aproveitar a vida ao lado da minha família.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *