Blog posts

Cores e a alimentação das crianças

Cores e a alimentação das crianças

Comportamento, Dicas da Mama, Saúde

Semana passada a Clau subiu um post muito legal com dica de passeio para estimular a alimentação das crianças (veja aqui). Aqui em casa eu nunca tive grandes problemas com a alimentação da Vicky (ela é uma draguinha), mas procuro o equilíbrio para que ela tenha uma alimentação adequada para a sua idade. Nesse processo, o prato colorido é uma ótima opção para ajudar a comer bem e de forma nutritiva, uma vez que a quantidade de cores dos alimentos ajuda o organismo a absorver vitaminas e minerais essenciais para a boa saúde, além de prevenir doenças.

Alimentos coloridos não só atraem a atenção e a curiosidade dos pequenos, principalmente para frutas, legumes e vegetais, como também possuem um componente essencial para fortalecer a imunidade, os fitoquímicos, substâncias antioxidantes que dão cor aos alimentos e protegem contra doenças.

Apostar em apresentações divertidas e criativas, como o tradicional arroz, feijão e carne servido formando uma carinha, pode ser uma opção lúdica para chamar a atenção dos pequenos para os alimentos que compõem o prato. Lembrem-se: quanto mais colorido o prato da criança, mais saudável ele é!

Que tal os coqueiros de frutas?

Outro ponto importante é o exemplo dado em casa: não adianta nada o discurso de “coma frutas, verduras e vegetais pois estou mandando” se os adultos da casa mantém uma rotina alimentar péssima… ou “doce só no final de semana” se papai e mamãe vivem comendo açúcar na frente das crianças…

Redoxitos sugere algumas cores de alimentos para compor o prato na hora das refeições, além de seus benefícios que eu achei interessante mostrar para vocês:

Vermelho – Alimentos com essa tonalidade são fontes de carotenoides, precursores da vitamina A, e previnem doenças do coração e diversos tipos de câncer. Alguns possuem licopeno (cor avermelhada), substância que atua como antioxidante, reduzindo, também, o colesterol ruim. São eles: goiaba vermelha, maçã, melancia, morango, pimenta, pimentão vermelho, rabanete, romã, tomate, entre outros.

Verde-escuro – Alimentos fontes de ferro e aliados no combate à anemia: brócolis, couve, repolho, espinafre, escarola, entre outros.

Laranja e amarelo – São alimentos, ricos em vitamina C, um importante antioxidante para a proteção celular, que fortalece o sistema imunológico, e rico em fibras, ajudando no funcionamento do intestino: mamão, damasco, laranja, melão amarelo, pêssego, maracujá, entre outros.
Laranja – Alimentos ricos em alfa e betacaroteno, elementos que são transformados em uma forma ativa de vitamina A e também possuem ação antioxidante, fortalecendo o sistema imunológico. Ajudam ainda na prevenção da saúde dos olhos e da pele. São eles: manga, laranja, mamão, tangerina, cenoura, abóbora, entre outros.

Roxo – Ajudam a prevenir doenças cardiovasculares, reduzindo o colesterol: berinjela, beterraba, repolho-roxo, amora, cereja, entre outros.

Branco – Alimentos fontes de cálcio e de potássio. Contribuem para a formação e manutenção dos ossos, auxiliando no funcionamento do sistema nervoso: leite, queijo, couve-flor, inhame, cará, cebola, entre outros.

Vamos colorir os pratos das crianças (e os nossos também)?!

 

 

About the author

Giuliana Pierri, psicóloga clínica e mãe da Victoria. É extrovertida e fala até com as paredes. Sempre gostou de moda e, como mãe de menina, expandiu o seu interesse também por moda infantil. A maternidade me desacelerou um pouquinho (só um pouquinho!) e me proporcionou um pouco mais de paciência para aproveitar a vida ao lado da minha família.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *