Blog posts

Brinquedo é de criança

Brinquedo é de criança

Brinquedos, Comportamento

Há três anos ganhei o meu melhor presente. E para mim, comemorar o Dia das Mães brincando é uma delícia. É claro que adoro almoçar com a minha mãe, vó, sogra, irmã e toda a família, mas quem disse que não dá para almoçar e brincar ao mesmo tempo não é?

O Guigui adora cozinhar, ele sempre quer me ajudar quando estou fazendo comida. Claro que só deixo ele fazer o que dá, sem mexer no fogão, forno, faca e etc , acho que isso aproxima as crianças dos alimentos e faz com que comam melhor. Além disso, saber cozinhar é algo que todos devem aprender não é mesmo?!

E nada melhor do que aprender brincando. Eu não tenho em casa fogão, geladeira e outros utensílios de cozinha de brinquedo, mas quando ele vai na casa das amigas ele adora brincar com essas coisas. E eu acho super saudável.

E foi pesquisando um pouco sobre esses brinquedos que vi que a Xalingo lançou recentemente uma linha de brinquedos com cores neutras na qual os meninos e as meninas podem brincar juntos e se divertir neste universo.

Particularmente, acho que brinquedo é de criança, sem essa coisa rotulada de menino e de menina. As descobertas e os interesses são sim muitas vezes bem diferentes, mas acho que deixar ele brincar com essas coisas o fará ser, no futuro, um homem que saberá que as tarefas domésticas devem sim ser valorizadas e divididas entre homem e mulher. Quantas mulheres não reclamam que os maridos não ajudam em casa? Isso é também uma forma de mudarmos essa mentalidade de que só a mulher tem que trabalhar fora e cuidar da casa.

fazendobolodochocolate
Ajudando a nossa amoreca, Márcia Matta, a fazer bolo de chocolate

Estou criando meu filho para o mundo, para ser independente, um bom homem, um bom namorado, marido, amigo enfim. Para ser um homem de verdade. O ato de brincar permite que a criança se torne uma pessoa autônoma e independente e, quanto mais a brincadeira acontece, menor o risco de fomentar preconceitos que farão a criança e quem está ao seu redor sofrer…

lavandoalouca
Lavando a louça…ah dele claro hahahaha

Por aqui acreditamos na liberdade da criança escolher o seu brinquedo!

XALINGO - Refrigerador Side-by-Side Casinha Flor TOP - Produto Aberto

*esse não é um publipost

About the author

Ana Claudia Cukier, jornalista, tímida, madrinha de duas meninas lindas e doces e mãe do Guilherme. Hoje me realizo nas funções de mãe e blogueira e tenho certeza que a maternidade me deu paciência, uma virtude que eu não tinha e que hoje não consigo me imaginar sem.

7 Comentários

  1. Leda Miguel
    06/05/2016 at 19:08
    Reply

    Perfeitoooooooooo…

  2. TripBaby
    06/05/2016 at 16:17
    Reply

    Ana, concordo com você! Não tem essa de menino ou menina, eles são tão ingênuos, nós que vamos rotulando, e estragando as coisas. Bjs

  3. Denise Brigido
    06/05/2016 at 16:02
    Reply

    Que iniciativa legal, deixar de lado o que a sociedade impõe e criar as nossas próprias regras é o mais importante e um melhor caminho para criar as crianças, sem pressão, sem preconceitos!
    Parabéns pelo post, adorei e tudo é brincadeira, sem essa de de menina ou de menino, o que importa é se divertir!
    Beijos,
    http://www.embarcandonaleitura.com.br

    • Giuliana Pierri
      11/05/2016 at 17:01

      Com certeza! Não podemos nos amarrar a estereótipos… Que bom que vc gostou do Post! Bjs

  4. Laura Carvalho
    05/05/2016 at 19:39
    Reply

    Que lindo! Aqui em casa também tento ter esses momentos com os meninos e eles amam! 🙂

    • Giuliana Pierri
      11/05/2016 at 17:03

      Brincar não tem sexo ou gênero né? Bjs

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *